terça-feira, 27 de agosto de 2013

Visita Pastoral

Dom Frei Cláudio Nori Sturm, visita a Paróquia São Damião de Molokai em Patrocínio MG

Programação:

      27 de Agosto (Terça - Feira)

18:00h - Chegada na Casa Paroquial
19:00h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima, iniciando a Visita Pastoral.

     28 de Agosto (Quarta - Feira)

07:00h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima
08:00h - Reunião com o COPAE
09:30h - Visita Escola Joaquim Martins - Povoado de Córrego Feio
11:30h - Almoço em Martins
15:00h - Reunião com membros das: Pastoral da Saúde, Pastoral da Criança, Apostolado da Oração e Legião de Maria.
19:30h - Missa - Igreja São Vicente de Paulo - Povoado de Boa Vista.

     29 de Agosto (Quinta - Feira)

07:00h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima
08:30h - Visita à APAE
10:00h - Visita a Escola Nély Amaral
12:00h - Almoço Comunidade SS.CC.
14:00h - Visita ao Escritório Paroquial
15:00h - Visita ao Hospital Pró Vida
18:00h - Jantar Comunidade SS.CC.
19:00h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima
20:00h - Reunião com C.P.P.

     30 de Agosto (Sexta - Feira)

  Dia do Beato Padre Eustáquio

07:00h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima
08:30h- Visita a HJ Viver
10:00h - Visita Escola Estadual Célia Lemos;
11:30h - Almoço Escola Estadual Célia Lemos
14:00h - Visita à Prefeitura
15:00h - Câmara Municipal
16:00h - Polícia Militar
19:00h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima - Crisma dos Adultos. Jantar na casa de uma família.

     31 de Agosto (Sábado)

08:30h - Visita às Capelas (São Judas Tadeu, Imaculada Conceição e Sagrada Família).
11:30h - Almoço Padres de Patrocínio
15:00h - Reunião com os Jovens (E.A.C. e E.J.C.)
17:00h - Reunião com os Coordenadores do E.C.C., E.J.C., E.A.C., Curso de Noivos, Pastoral do Batismo.
18:00h - Jantar Comunidade SS.CC.
19:00h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima
20:00h - Reunião com os Ministros da Eucaristia e da Palavra

     01 de Setembro (Domingo)

07:30h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima
10:00h - Missa - Igreja Nossa Senhora de Fátima - Encerrando a Visita Pastoral.
12:00h - Almoço Comunidade SS.CC.

Paróquia São Damião de Molokai - Patrocínio MG

domingo, 11 de agosto de 2013

Editorial - Agosto de 2013

     Irmãos e irmãs, maravilhados com a visita do Santo Padre o Papa Francisco a Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, que cativou a todos com sua simplicidade e humildade e testemunho de Jesus Cristo.

    Neste mês das Vocações sacerdotais, religiosas e matrimonial, possamos refletir em oração o quanto ainda temos que buscar a Deus e viver o valor da família, no qual teremos a semana da família, para que na família possamos viver a esperança de um mundo melhor, cheio de Paz e Sabedoria e principalmente de muito AMOR.

    Quero aproveitar o jornal deste mês para agradecer aos nossos catequistas, que trabalham em unidade com a nossa paróquia para evangelizar nossas crianças, jovens e adultos. Meu muito obrigado! Deus abençoe e proteja nossas catequistas, a todas as pessoas que evangelizam e vivem seu testemunho de cristão.

    Meu muito obrigado! Meus irmãos e irmãs neste mês das vocações, rezem pelos padres, religiosos e religiosas de nossa cidade, tenham um santo e abençoado mês.

    Deus abençoe a todos!!!

Pe. José Ricardo Lucas de Lima
Paróquia Santa Terezinha.

Dia dos Pais!!!

    A vocês, que nos deram a vida e nos ensinaram a vivê-la com dignidade, não bastaria dizer um obrigado.

     A vocês, que iluminaram os caminhos obscuros com afeto e dedicação para que trilhássemos sem medo, cheios de esperanças, não bastaria um muito obrigado.

    A vocês, que se doaram inteiros e renunciaram aos seus sonhos, para que, muitas vezes, pudéssemos realizar os nossos.

    Pela longa espera e compreensão durante nossas longas viagens, não bastaria um muitíssimo obrigado.

    A vocês, pais por natureza, por opção e amor, não bastaria dizer, que não temos palavras para agradecer tudo isso.

     Mas é o que nos acontece agora, quando procuramos arduamente uma forma verbal de exprimir uma emoção sem fim.

    Uma emoção que jamais seria traduzida em palavras!

    Não espere um dia, um ano para dizer ao seu pai o quanto ele e especial para você, dia dos pais é todos os dias!!!

    Que o Deus Pai abençoe a todos os pais!!!

    Feliz dia dos Pais!!!

Pascom - Pastoral da Comunicação

Ordenação Diaconal

    “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos 16,15). Foram estas as palavras ditas por Jesus, quando apareceu pela primeira vez aos apóstolos, após sua ressurreição. E assim, seguindo esse ensinamento, que na manhã do dia 03 de agosto, na vizinha cidade de Patos de Minas, os três jovens: Frederico Honório de Oliveira, Hemerson Rubens de Oliveira e José Antônio Ramos, foram ordenados diáconos, pela imposição das mãos de nosso Bispo Diocesano Dom Cláudio Nori Sturm.

    Nossa paróquia se alegra, pelos três novos diáconos, mas em especial, por José Antonio, que por tanto tempo esteve aqui, junto conosco, na paróquia Santa Terezinha, que ultimamente se encontrava na cidade de Rio Paranaíba e que ainda é nosso colaborador e escreve sua coluna no “O Mensageiro”.

    Ao nosso querido diácono José Antônio,e aos diáconos Frederico e Hemerson, que Deus cubra com muita paz e que Santa Terezinha derrame uma chuva de bênçãos sobre esse novo ministério. Agora ficaremos ansiosos aguardando a ordenação sacerdotal!

Pascom - Pastoral da Comunicação

Galeria de Fotos:

Cantinho do Coração de Jesus

LA FERMEZZA DOLCE

     Com certeza ainda ecoam pelos nossos ouvidos cada palavra, cada ensinamento que nosso querido Papa Francisco nos trouxe. Superando todas as expectativas do clero, de cada religioso(a), de cada peregrino de tantos países, e de todos nós, pequenos ou grandes, católicos e até de outras crenças, pudemos ficar maravilhados com a trajetória e atuação do Papa em nossa pátria. Descobrimos que fomos premiados, que fomos iluminados por tantas e tão grandes bênçãos. Nós o esperávamos como se espera um pastor e, aos poucos, fomos sentindo a presença forte de um Pai, de um grande amigo, de uma firme e alentadora esperança. Ele se apresentou ao Brasil e ao mundo todo como um Pastor ungido, preparado, iluminado mas, sobretudo como um verdadeiro porta voz de nosso Deus e Senhor.

    Na ternura do seu sorriso, na suavidade de sua voz, na firmeza de suas palavras, na inteligência de suas ideias, na serenidade dos seus passos e gestos, na humilde simplicidade de seu coração e de seus sentimentos e no testemunho forte e marcante de sua fé e piedade, todos nós nos sentimos agraciados com a visão transfigurada de Jesus.

    Nós todos que não pudemos ir ao Rio de Janeiro, acompanhamos pela TV o passo a passo da JMJ, sempre com o gostinho de quero mais, de que hoje foi ainda melhor do que ontem e principalmente, de não querer que acabasse nunca toda aquela alegria, aquela paz, aquele carinho fraterno que tomou conta de nosso corpo e de nossa alma.

    O Papa Francisco veio nos lembrar de uma vez por todas:

**    de como somos felizes por ser católicos;
**    de como é importante e necessário rezar e viver a Santa Palavra;
**    de como é básico aqui na terra, acolher, acolher e acolher como Deus sempre nos acolheu e acolhe;
**    de como vale a pena sermos parecidos com Jesus.

    Com firmeza e ao mesmo tempo com doçura ele soube nos corrigir, nos ensinar, nos animar e nos colocar em perfeita sintonia com Nosso Senhor.

    Creio que o seu testemunho de grande fé, de humildade, de ser irmão, de servir e acolher sempre, há de nos fazer todo o bem de que precisamos, há de nos edificar a todos nós para todo o sempre.

    Resta-nos agradecer verdadeiramente ao Senhor Deus que nos cumulou de graças e bênçãos, desde quando pudemos acolher em nossas casas nossos irmãos de fé, em semana missionária. Eles eram muitos e de tantos lugares diferentes, mas algo em comum nos uniu fortemente: juntos cremos num Deus vivo, forte e imortal.

     De coração alegre e contrito eu quero agradecer a Deus por tamanha bondade e misericórdia operada em nossas vidas; pelo Papa Francisco, canal e fonte de tanta luz e bênção; por todo o bem que ainda poderemos fazer, ensinados e animados pelo nosso Papa; pela alegria, sem medida, de pertencer à Igreja Católica Apostólica Romana.

    Obrigado por tudo Senhor! Eu Te amo cada dia mais!...

    Um abraço amigo,

Maria José da Silva Alfredo

O Mensageiro Entrevista

Entrevista Daniela Mendes Souza

    Amigos e Amigas em Jesus Cristo, esse mês conversei com a ministra da Eucaristia e leiga atuante de nossa paróquia, a Daniela Mendes de Souza. Na oportunidade, ela relata várias experiências e sua visão do que é ser Igreja em um mundo repleto de mudanças.  Abraço! Natanael Oliveira Diniz

1 - Qual sua vivência na Paróquia Santa Terezinha?

    Minha vivência na Paróquia vem de muitos anos, desde criança estou nessa Igreja que amo muito, procuro participar sempre, mais o que mais me encanta é a humildade dos fieis e dos padres que atuam no mesmo.

2 - Quais são seus santos de devoção?

    Meus santos de devoção são: Santa Terezinha do Menino Jesus, São Francisco e Santa Clara, o nome da minha filha Maria Clara é em homenagem à Santa Clara por ter intercedido na minha gravidez que foi de alto risco.

3 - Na sua avaliação, o que falta para trazer os jovens para a Igreja e suas pastorais?

    Os jovens não só da Paróquia Santa Terezinha, estão cada vez menos engajados no serviço pastoral, uma das causas que mais ouço os jovens reclamarem é que a Igreja não fala a linguagem que seja interessante para eles, abandonando a missa para lotarem os shows de cantores famosos. Os jovens de hoje faltam entender a dimensão da caridade, conversão, a falta de preocupar com a dor do outro para entender Jesus e voltar a Igreja, por isso admiro os movimentos da nossa Paróquia o EAC, EJC, que cada vez mais está resgatando jovens e adolescentes para a nossa Paróquia.

4 - Conte-nos sua experiência de fé. Quais os motivos que te faz ir a Igreja?

    Minha experiência de fé é de grande gratidão pelos meus pais que desde pequena me incentivaram a participar e está presente nos movimentos, e o maior motivo que me leva a Igreja é pela minha busca constante pela minha conversão que não é fácil, todos passamos por problemas, sem fé e Jesus, não conseguimos resolve-los.

5 - Deixe-nos sua mensagem

    Que a humildade e a entrega de Santa Terezinha te inspire para uma vida mais santa e feliz, ser jovem neste mundo tão atrativo para o lado negativo não é fácil, mas com o amor de Cristo e o carinho de Maria, teremos uma vida mais feliz e trilhar um lindo caminho de paz, bem e caridade.

Dia Mundial da Paz 01/01/2014

Papa escolhe o tema da fraternidade para o Dia Mundial da Paz 2014

    “Fraternidade, fundamento e caminho para a paz”: este é o tema do 47º Dia Mundial para a Paz, que será celebrado em 1º de janeiro de 2014, o primeiro do Papa Francisco.

    De acordo com um comunicado do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, o Pontífice escolheu a fraternidade como tema já que “desde o início do seu ministério como Bispo de Roma, destacou a importância de superar a 'cultura do descartável” e de promover a 'cultura do encontro', para caminhar rumo à realização de um mundo mais justo e pacífico”.

     Diante dos inúmeros dramas que atingem a família humana, como pobreza, conflitos, criminalidade organizada e fundamentalismos, a fraternidade é fundamento e caminho para a paz.

    Esses mesmos dramas e a cultura do bem-estar fazem perder o sentido da responsabilidade e da relação fraterna. Os outros, ao invés de nossos 'semelhantes', aparecem como antagonistas ou inimigos e muitas vezes como objetos. Não raramente, os pobres e os necessitados são considerados como um “fardo”, que impede o desenvolvimento. Ou seja, não são mais vistos como irmãos, chamados a compartilhar os dons da criação, os bens do progresso e da cultura.

    Como afirmou em várias ocasiões o Santo Padre, é a fraternidade que pode vencer o difundir-se da globalização da indiferença e enraizar-se em todos os aspectos da vida, inclusive na economia, nas finanças, na pesquisa científica e na política.

JMJ Rio de Janeiro 2013

     A JMJ para mim Foi um momento único de muita fé, alegria, de se firmar como juventude, é ter resposta para os sinais dos tempos. Os jovens ganham maior ânimo, força e compromisso cristãos. Na Jornada é o movimento do Espírito Santo agindo de diferentes formas e em diferentes línguas. Pude notar o grande amor de Deus para com a humanidade. Tantos rostos que mostram o sentido puro e sereno de cada compasso de um só coração cheio de esperança, com muita certeza plantada no chão. Com essa juventude que do amor e da vida não vão descuidar. O verdadeiro rosto de Deus é mostrado na JMJ.

    O momento mais emocionante da Jornada foi durante a vigília com o Papa. Ver aquela multidão de jovens ajoelhados diante de Jesus eucarístico adorando-o em um só coração foi emocionante. Ali eu pude perceber a unidade da Igreja Católica, jovens de todas as línguas reunidos todos em um só lugar para escutar o pastor, Papa Francisco, e adorar Jesus, o autor de tudo.

     A Jornada Mundial da Juventude foi e ainda continua sendo muito importante para o meu amadurecimento na fé cristã. A oportunidade de estar em contato com jovens de vários lugares do mundo, falando idiomas diferentes, com concepções de vida, condições financeiras e costumes distintos, faz com que percebamos a riqueza que é a criação divina e o quanto o universo é vasto. A gente fica até meio perdido e muito empolgado com tanta gente junta!

Amanda Cristina

A Palavra de Deus é Alimento para a Nossa Fé

    Vamos refletir sobre a Palavra de Deus como alimento para a nossa fé. Comecemos com uma pergunta: o que é a palavra? A palavra é um instrumento de comunicação seja ela falada ou escrita. É pela palavra que comunicamos algo aos outros; por ela entramos em contato coma as pessoas e conversamos com elas. Pela palavra comunicamos nossos sentimentos, nossas emoções, nosso jeito de ser, comunicamos o que acreditamos, enfim, comunicamos a nossa própria pessoa. No evangelho de São Marcos Jesus diz que é do coração do homem que saem as más intenções (cf. Mc 7,21). E um ditado popular diz: a boca fala daquilo que o coração está cheio. Portanto, querendo, ou não a pessoa comunica às outras pessoas pela palavra, o seu ser, ou seja, ela comunica o que ela é, quem ela é. Ninguém vive sem se comunicar pela palavra ou, ao menos, por gestos.

    A Palavra de Deus pode ser compreendida em dois sentidos: Ela é o próprio Cristo, como diz no texto do Evangelho de João; e ela é também tudo o que foi escrito sobre Jesus e suas obras, ou seja, a bíblia. Assim, podemos chegar a seguinte conclusão: a bíblia só fala sobre Jesus. A bíblia começou a ser escrita há mil anos antes de Jesus, mas do primeiro livro da bíblia até o último ela só fala de Jesus. Desta forma, Jesus é muito anterior à bíblia, pois é a Palavra de Deus que vive junto d'Ele desde sempre. Antes de existir qualquer coisa Jesus já existia como Palavra na boca do Pai do céu. Jesus é a Palavra de Deus que, como diz João, existe desde sempre, mas se encarnou, nasceu do seio de Maria e se tornou humano como nós. Por conseguinte, a bíblia, como palavra de Deus, é composta de palavras que fala da Palavra, ou seja, são palavras que falam sobre Jesus, a Palavra de Deus por excelência. Jesus sai de junto de Deus e vem habitar no meio dos homens, vem habitar no meio de nós para nos salvar: o Pai fala e o filho, a Palavra que o pai pronunciou, vem habitar em nosso meio. É a palavra de Deus comunicada aos homens. Então, como estamos acolhendo esta Palavra de Deus comunicada a nós, Jesus Cristo, em nossa vida? Lemos e meditamos a bíblia que são as palavras que nos levam a contemplar a Palavra de Deus por excelência: Jesus? Ensina-nos o papa Bento XVI que “As palavras sobre Jesus na bíblia devem ser para nós como que escadas pelas quais chegamos a Ele”.

    Quando a pessoa se comunica pela palavra, ela provoca na outra pessoa que a ouve uma reação. Segue-se então que a palavra tem força e provoca algum efeito. Por exemplo, quando alguém diz uma calúnia contra você, você fica com raiva ou, ao contrário, você procura controlar esta raiva mantendo a calma. Mas é certo que esta palavra provocou em você uma reação: ou a de ficar com raiva, ou a de buscar manter a calma. Também quando você diz uma palavra boa, faz um elogio a alguém, esta palavra provoca reações. Esta pessoa ficará muito feliz ou talvez possa achar que o elogio é exagerado e não gostar. O certo é que a palavra humana sempre provoca uma reação. Pois bem, se é assim com a palavra humana, quanto mais com a palavra de Deus!

    O salmo 119 é o maior salmo da bíblia. Ele é um elogio à Palavra. Nele diz no v. 89 que a Palavra de Deus é eterna e firme como o céu; nela temos segurança para firmar nossos passos. Meu irmão e minha  irmã, vamos firmar os nossos passos, a nossa vida nesta rocha firme, que é a palavra de Deus! Ler, meditar, a palavra de Deus na bíblia é um caminho seguro por onde chegaremos ao céu. Deus também comunica conosco pela sua palavra ao participarmos das celebrações da santa missa. E este é um momento especial da comunicação de Deus para conosco, pois além de ouvir a palavra de Deus proclamada nas leituras e no Evangelho, ouvimos a homilia do Padre. É importante estarmos muito atentos neste momento da santa missa. Procure ouvir bem a proclamação das leituras e a homilia do Padre. “É o momento em que Deus fala ao nosso coração e nós respondemos a ele de coração”.

Diácono José Antônio Ramos

Semana Missionária em Patrocínio

    FAMÍLIAS DA PARÓQUIA SANTA TEREZINHA, FALAM DA EXPERIÊNCIA DE TEREM ACOLHIDO EM SUAS CASAS, JOVENS PEREGRINOS DE OUTROS PAÍSES QUE VIERAM AO BRASIL PARTICIPAR DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE.

Liliane Vieira

    Foi maravilhosa, tivemos a graça de receber pessoas abençoadas em nossa casa e nos tornamos amigos, uma amizade tão intensa e linda que só poderia ser nascida pela fé.

Sirley Pereira

    Foi uma experiência maravilhosa na vida da minha família, uma emoção que nunca imaginávamos passar. Pessoas que nunca vimos antes, vindos de outros países, falando outra língua, e mesmo assim deixaram tanto amor e tantas saudades. Agradeço muito a DEUS a oportunidade de ter vivido essa experiência de amor e fé em nosso lar, muito obrigado meu DEUS.

Sandra Paula

    Foi muito agradável tivemos a oportunidade de conhecer outras culturas. Ficamos muito felizes por fazer parte deste momento tão lindo que foi a JMJ.

Marcelo e Kenia

    Num primeiro momento a expectativa de ver o rosto dos jovens esperados, no meio de tantos rostos, encontrar pelo nome, sem falar o mesmo idioma. Mas as coisas de Deus são assim sem explicação, com gestos e tentando nos comunicar, fomos nos conhecendo, passamos alguns dias muito agradáveis, na despedida momentos de tristeza, pois já estavam fazendo parte da nossa família. Levaram um pouquinho de nós, e deixaram um pouquinho deles. Nos unimos pela mesma fé, e que Jesus nos dê a graça de sempre estarmos de portas abertas para acolher um irmão.

Pascom - Pastoral da Comunicação

Galeria de Fotos:

Dia do Padre

    “Eis-me aqui, envia-me!

    Parabéns aos nossos queridos sacerdotes! A eles o nosso carinho e gratidão! Como representantes de Cristo aqui na terra, renunciaram à sua família de sangue, para adotar-nos a todos, nos alimentar do Pão e da Palavra, curar as feridas da nossa alma, acender em nós a chama da fé e apontar-nos o caminho do céu!

     Dia 4 de agosto, dia de São João Maria Vianney, padroeiro dos sacerdotes, a Igreja celebra o dia do Padre. Aquele “Pai” que leva Jesus a cada um de seus “filhos”, através da Eucaristia, dos Sacramentos, da Palavra e do seu exemplo: de dedicação, entrega, renuncia, despojamento, obediência, fidelidade e amor. Sem hesitação, confia em Deus e acredita na providência divina, caminhando firme e seguro para a missão a ele designada.

    Padre: Pai - que aconselha, corrige dá esperança aos filhos quando necessário.

    Sacerdote: Dote Sagrado - Aquele que oferece a Deus um sacrifício de louvor, que consagra, que abençoa, que dirige a Deus preces em favor do povo.

    Presbítero: Ancião - o mais velho, aquele que tem a sabedoria da última palavra, aquele que ensina.

    Padre, Sacerdote, Presbítero jovem ou idoso é um ser especial, é o nosso Pastor! Imaginar uma Igreja sem o Padre é ver uma família sem o Pai, órfã!

     A todos os Padres, Homens consagrados, dispensadores dos mistérios de Deus em favor do povo, todo o nosso respeito e as nossas orações!   Sejam felizes!

    Paz e bem a todos!

Lourdes Barbosa.

Nos Passos de Jesus

    Pensei que seria bom, contar um pouquinho mais sobre Lourdes e a vida de Santa Bernadete. Até os 10 anos, essa santa menina, viveu muito feliz em um moinho, que ela chamava, o moinho da felicidade, ao lado de seu pai e sua bondosa mãe. Era uma família onde reinava o amor, a oração e a caridade. Mais tarde, seu pai perdeu o moinho. Por não ter tido condições de pagar o aluguel, foram morar na rua, posteriormente, em uma casa interditada, onde funcionou a cadeia, o Lê Cachot como é chamado. Sem poder frequentar a escola e a catequese, aos 14 anos, Bernadete era ainda analfabeta e não tinha feito a primeira comunhão, seu grande sonho de cristã. Sofria também de Asma Crônica, sequela da Cólera, doença da qual foi vítima na infância.

    Passando por muitas dificuldades, fome e sofrimento, um certo dia, quando foi á gruta apanhar lenha, com sua irmã e uma amiga, Bernadete recebeu a primeira visita de Nossa Senhora. E foi nesta gruta, que ela veio ao encontro da menina por mais 17 vezes. Em uma destas aparições, pediu que Bernadete cavasse a terra. Cavando o terreno com as mãos, brotou água 1º lamacenta, depois límpida, como até hoje jorra abundante, de dentro da gruta, para as fontes de onde é recolhida pelos fiéis do mundo inteiro, doentes e sadios, que ali vão, para se banhar e beber da água milagrosa de Lourdes.

    A Igreja da Imaculada Conceição é construída em cima desta gruta. Em uma de suas aparições, Nossa Senhora disse a Bernadete que era a Imaculada Conceição. Esta declaração colocou fim ás dúvidas dos sacerdotes e autoridades daquela época, que não acreditavam na possibilidade de Nossa Senhora aparecer e falar com aquela pobre menina. Também em Lourdes, nesta Basílica reza-se o terço todos os dias, acompanhado da procissão das velas. Na gruta encontra-se velas acessas 365 dias do ano. O clarão destas velas constituiu um símbolo Pascal, ao lembrar o Cristo ressuscitado que venceu definitivamente as travas da morte.

    Chama a nossa atenção em Lourdes o grande número de doentes que ali vão buscar a cura para seus males e, os voluntários de todo o mundo que vão para lá ajudar a cuidar destes doentes peregrinos em Lourdes. É um lugar diferente, onde a fé e o amor á mãe de Jesus é visível em todos que ali estão.

    Foi para mim grande experiência de fé. De Lourdes para Lisieux, terra onde viveu nossa querida santinha. Lisieux é uma cidade pequena, ao sul da França, com construções antigas, muito diferentes das nossas, com flores por todo lado, nos jardins, nas praças e nas sacadas. Os campos aos redores, são lindos, cobertos de flores amarelas, das plantações de canola.

    Sabemos que Santa Terezinha não nasceu lá, nasceu em Alençon, cidade perto dali. Ainda pequena, mudou com sua família para Lisieux, onde fica o Carmelo, para onde foram suas irmãs e mais tarde Terezinha.

    Nossa 1ª visita foi no Carmelo. Lá pude contemplar uma imagem de Santa Terezinha morta. Linda imagem feita de cera, tendo acima a virgem do sorriso, a imagem de Nossa Senhora que sorriu para Santa Terezinha, quando era criança e estava doente.

    No museu, ao lado da capela se encontra fotos e objetos que foram usados por Santa Terezinha no Carmelo. A Basílica é um dos lugares mais belos de Lisieux. Quando lá chegamos, os sinos tocavam. Tivemos a impressão que estavam saudando nossa visita. Rosas de várias cores enfeitam ambientes. Parecia estar nas nuvens, embalada pelo amor e carinho de Jesus, Anjos, Nossa Senhora e a querida Santinha.

Geralda Luzia Romão - Comunidade São Francisco

Galeria de Fotos:

Caça Palavras

Encontre as palavras em negrito:

"O reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo." Mateus 13,44

A Dinâmica do Amor

     A realização da vida afetiva é um dos maiores prazeres humanos. Associar casamento e amor verdadeiro costuma ser uma das metas da maioria dos casais, de qualquer faixa etária ou classe social. Porém, a dinâmica do amor, ou do afeto pelo outro vem passando por uma série de mudanças. Quando o vínculo entre duas pessoas se aprofunda, surge a possibilidade de se conhecerem tal como são. Qualidades e defeitos, acertos e erros, ficam mais perceptíveis. Pode começar aí um delicado processo de aprendizagem no que se refere ao relacionamento conjugal.

    Todos nós reagimos de um modo particular, porque temos histórias e características pessoais, diferentes. Por outro lado, ocorrem semelhanças em muitas histórias de vida, além de estarmos submetidos ao mesmo conjunto de influências sociais. Todo esse contexto pode gerar afinidades ou desavenças na relação entre um eu e o outro.

    Aceitar o outro em sua totalidade requer uma grande capacidade de amadurecimento e crescimento em favor de um amor mais pleno e feliz. Muitas pessoas acreditam que para alguém amar, seja necessário evitar sentimentos ruins, ou negativos. Ora, magoar e ser magoado, ignorar e sentir ignorado, tudo isso faz parte da construção do aprendizado do amor.

    O importante é perceber que podemos experimentar sentimentos contraditórios, desde que tenhamos a humildade de reconhecê-los e, em seguida, superá-los. Para isso, precisamos estar abertos ao diálogo e ao perdão. A edificação de um amor verdadeiro passa pela capacidade de respeitar opiniões contrárias, não guardar ressentimentos, saber ouvir e acolher a pessoa em sua totalidade.

    Há de se pensar, que para o amor não existe muitas explicações, afinal a dinâmica é constante. Assim, que o amor seja vivido, e que nossas vidas sejam trabalhadas por um amor autêntico, leve e simplesmente encantador.

Natanael Oliveira Diniz - Comunidade Santa Terezinha

Após Vocação: Chamado e Resposta!

     No Brasil, o mês de agosto é sempre uma oportunidade para que possamos refletir sobre o chamado que Deus nos faz para vivermos de um modo mais concreto a nossa vocação á santidade, que recebemos no dia em que fomos batizados.

    Na primeira semana, lembramos a vocação sacerdotal, refletimos sobre a sua importância para a Igreja e rezamos ao Senhor da messe para que envie operários, de modo que não faltem padres para cuidar das mais diversas comunidades espalhadas pelo Brasil.

    Em seguida, recordamos a vocação religiosa. Nossa mente se volta para os homens e mulheres que se consagram a Deus através dos conselhos evangélicos da pobreza, castidade e obediência para viverem em comunidade segundo o carisma de seus fundadores e servirem á Igreja e ao povo de Deus nos mais diferentes serviços, sejam de natureza religiosa ou social.

    Lembramo-nos também dos missionários e missionárias que deixaram suas terras e foram para os locais mais distantes no serviço do Reino de Deus, anunciando Jesus Cristo aos que não o conhecem e dilatando o Reino até os confins da terra.

    Outra vocação que não pode ser esquecida é a dos fiéis leigos e leigas que, através do exercício de ministérios não ordenados, se fazem presentes nas comunidades eclesiais e no mundo e se dedicam á evangelização na família, no trabalho profissional e no seu ambiente social, para santificar o mundo e fazer com que ele deixe de ser a cidade dos homens para tornar-se a cidade de Deus. Dentre os diferentes ministérios leigos, o último domingo de agosto destaca a catequese, comemorando o dia das catequistas.

    Grandes santos, exemplos de vocacionados, são lembrados neste mês, como São João Maria Vianney, o Cura D Ars, padroeiro dos párocos; São Lourenço, padroeiro dos diáconos; São Tarcísio, padroeiro dos coroinhas, Santa Rosa de Lima, padroeira da América Latina e, de modo especial, nossa Santa Mãe do Céu, Maria Santíssima, que é recordada na solenidade da sua Assunção, nos apontando o feliz destino de todos os que dizem Sim a Deus.

    O tema vocacional é, de modo especial, voltado para os jovens. É um apelo para que todos procurem ouvir a voz de Deus e dizer sim ao seu chamado para servirem concretamente ao seu Reino. Vamos rezar para que Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, abençoe a Igreja, mas principalmente os jovens, a fim de que sejam generosos no seguimento de Jesus Cristo e na colaboração para que a Igreja seja fiel ao mandato de seu Fundador e Mestre: Ide e fazei discípulos meus todos os povos.

Pascom - Pastoral da Comunicação

Visita do Papa Francisco a Aparecida

     Foi em Aparecida, São Paulo, a primeira missa pública do Papa Francisco, fora do Vaticano, durante a visita do pontífice ao Santuário Nacional de Aparecida, no dia 24 de julho. Visita que aconteceu a pedido do próprio papa e que foi acompanhada por cerca de 200 mil pessoas que estiveram na cidade enfrentando uma forte chuva e uma temperatura de 4 graus, para acompanhá-lo.

    Em sua homilia, o Papa Francisco falou sobre a alegria de estar na casa da Mãe de cada brasileiro, e chamou atenção de todos nós e especialmente aos jovens que se preparavam para a Jornada Mundial da Juventude para três simples posturas: conservar a esperança, deixar-se surpreender por Deus e viver na alegria.

     Conservar a esperança: Nunca percamos a esperança! Nunca deixemos que ela se apague nos nossos corações! O mal se faz presente na nossa história, mas ele não é o mais forte. Deus é o mais forte e Deus é a nossa esperança.

    Deixar-se surpreender por Deus. Quem é homem e mulher de esperança - a grande esperança que a fé nos dá - sabe que, mesmo em meio às dificuldades, Deus atua e nos surpreende. Deus sempre nos reserva o melhor. Mas pede que nos deixemos surpreender pelo seu amor, que acolhamos as suas surpresas. Confiemos em Deus!

     Viver na alegria. Queridos amigos, se caminhamos na esperança, deixando-nos surpreender pelo vinho novo que Jesus nos oferece, há alegria no nosso coração e não podemos deixar de ser testemunhas dessa alegria.

    O cristão é alegre, nunca está triste. Deus nos acompanha. Temos uma mãe que sempre intercede pela vida dos seus filhos, por nós, como a rainha Ester na primeira leitura. Jesus nos mostrou que a face de Deus é a de um Pai que nos ama. O pecado e a morte foram derrotados.

    Que possamos nós agora, procurar sempre a cada dia aplicar essas três posturas no nosso dia a dia, em casa no trabalho, na igreja, com os amigos e onde quer que a gente se encontre.

Pascom - Pastoral da Comunicação

Aniversariantes Dizimistas

Aniversariantes Dizimistas de 16 de Agosto a 15 de Setembro

16/ago Claudinei Egídio de Souza   31/ago Eustáquio Jose Ribeiro
16/ago Eliana Alves Rodrigues   31/ago Expedita Paulista da Silva
16/ago Jamir Maria de Lima   31/ago Geraldo Jose de Araujo
17/ago Andrea Alves Edilson Eustáquio   31/ago Ivani Fátima Silva
17/ago Barbara Alves Silva   31/ago Jaqueline de Fátima Alves
17/ago Fernanda Maria de Brito   31/ago Valdecir Rodrigues de Souza
17/ago Francisco Carlos Ibanez   01/set Samara Cristina de Almeida
17/ago Guiomar Maria dos Santos   01/set Sebastião Helio Ribeiro
17/ago Sebastiana Maria Luiza   01/set Wender Alves Pires
17/ago Terezinha Pereira Cardoso Gomes   02/set Cedina Maria Martins Cunha
18/ago Divina Helena Ribeiro Silva   02/set Éderson Humberto Pereira
18/ago Ilaida Ap. de Souza Mendes Arruda   02/set João Henrique Fernandes Souza
18/ago Leide Daiane Rodrigues Pizani   02/set Marli Alves da Silva Teixeira
18/ago Solange Cristina Luiz G. Santos   03/set Ana Valeria de Rezende Cunha
19/ago Marta de Fátima Fernandes   03/set Geralda Maria de Ávila Rezende
19/ago Milton da Silva Cunha   03/set Marilene Silva Marques
19/ago Sizelisio Francisco da Silva   04/set Ana Maria Nunes da Cunha
20/ago Ana Maria Gonçalves   04/set Marcolina G. de Souza
20/ago Edgar Afonso da Silva   04/set Maria de Lourdes Santos Martins
20/ago Eliana Lenir Gonzaga   04/set Marília de Castro Freitas Desterro
20/ago Francisco Vieira Barbosa   05/set Aloísio Pereira Junior
20/ago Margarida Cândida de Souza   05/set Anbrosina Afonso Borges
20/ago Maria Abadia da Silva   05/set Antônio Kayke Gomes Marcolino
20/ago Matheus Alves Sales   05/set Orlandina Maria de Paula
20/ago Terezinha Maria Souza   05/set Sebastiana dos Reis Castro
20/ago Willian Anselmo da Silva   06/set Amado Perto Cardoso
22/ago Andreia de Oliveira Ribeiro   06/set Isabel Madalena Rosa Alves
22/ago Elvira Gonçalves D. Pereira   06/set Lilian Maria Semeão
22/ago Janaina Lissa Santos Caldeira   06/set Mycon Brenner Ferreira
22/ago Leacina de Freitas Ribeiro   07/set Luiz Eli Caixeta Silva
22/ago Magna Simone da Fonseca   07/set Paulo Sardeli de Almeida
23/ago Daiany Mendes Rodrigues   07/set Célio Martins e Leida Maria Oliveira
23/ago Gasparina Alves Pires   08/set Adair Souza Lima
23/ago Jovaci Felipe de Oliveira   08/set Ângela Maria Dias
23/ago Maria Célia Oliveira Paula   08/set Donizete Aparecido Alves Azeredo
23/ago Rosely Aparecida de Oliveira   08/set Felipe Pereira da Silva
24/ago Eliviane Silva Costa   08/set Mauricio Jose Pereira
24/ago Joaquim Diamantino de Souza Filho   08/set Nilza Aparecida Matos
24/ago Lindiane Kelly Fernandes   08/set Olivia de Souza França
24/ago Thais de Oliveira Silva   09/set Creusemir de Sousa Silva
25/ago Magnólia Maria da Silva   09/set Gessi Perpetua do Nascimento
25/ago Márcia Abrão Rodrigues   09/set Lourdes de Souza Pereira
25/ago Maria da Gloria Rabelo   09/set Maria Auxiliadora Marques Pinto
25/ago Martinês Antônio Fagundes   09/set Maria do Carmo Vieira dos Reis
25/ago Rubsteem Jose de Carvalho   10/set Dinoir Moreira de Souza
25/ago Salvador Custodio   10/set Fabíola Pereira Souza
26/ago Geni Maria Rabelo   10/set Lauro Alves dos Santos
26/ago Geovano Jorge da Silva   10/set Margarida Maria Rosa dos Santos
26/ago Sonia Garcia Braz   10/set Maria Elene da Cunha
26/ago Wagner Henrique Marques Pinto   11/set Ana Maria Abadia da Silva
27/ago Adailton Braz Ferreira   11/set Dirlene Ap. de Camargo E Silva
27/ago Adriana Beatriz Borges   11/set Geralda Maria de Souza Coelho
27/ago Adriana Beatriz Domingos   11/set Lucilene Buzinato Es
27/ago Daiana Aparecida Rodrigues Paula   11/set Simone Aparecida de Sousa
27/ago Drumon Pinheiro Filho   12/set Edvaldo Sales
27/ago Helio Pires de Andrade   12/set Helena Maria Luiz
27/ago Ivanete Beatriz Gonçalves Barbosa   12/set Hilma dos Reis Silva Santana
27/ago José Severino de Souza   12/set Maria Abadia Aparecida Rosa
27/ago Lourdes Maria Barros   13/set Creuza Basílio de Oliveira
27/ago Lucia Abrão Pereira Melo   13/set Luana Gonçalves Silva
27/ago Sandra Fátima Silva   13/set Maria de Fátima Gonçalves
27/ago Sebastião Andrade   13/set Maria Helena de Oliveira
27/ago Vanessa Mônica da Silva Teixeira   13/set Maria Jose de Souza
28/ago Adriana Cristina Venâncio   13/set Micheli Rodrigues da Silva
28/ago Antonia Gomes Punhaqui   13/set Valter Jose Ferreira
28/ago Kely Aparecida da Silva   13/set Vera Lucia Vargas Correia
28/ago Percio Ferreira do Nascimento   14/set Ana Luiza de Brito
28/ago Valdemir Batista da Silva   14/set Flavio dos Reis Alves
28/ago Vani de Fátima   14/set Francisco Pereira Coelho
29/ago Espedita Paulina da Silva   14/set Lazara Terezinha Marques
29/ago Giselda Freitas Arvelos   14/set Letícia Beatriz de Oliveira
29/ago Nair Maria da Silva   14/set Maria Aparecida da Silva
29/ago Rafaela Queiroz Rabelo   14/set Regina de Fátima Ribeiro Oliveira
29/ago Zélia Gonçalves   15/set Elizabete Aparecida Caixeta Prado
30/ago Maria de Fátima O. Pereira   15/set Leandro Eustáquio dos Reis
30/ago Tarcisio Joaquim da Silva   15/set Maria Anadia de Ribeiro
30/ago Valdirene Abadia Alves   15/set Marcela Guimarães Ferreira
31/ago Claudio Jose dos Reis   15/set Orlando Rodrigues

Parabéns!!! Saúde e Paz!!!

CatequInformando

    A catequese está preparando para seu XVII Congresso Diocesano de catequistas. Desta vez será na cidade de Patos de Minas.

     A reflexão deste ano será a Transmissão da fé, tema bastante oportuno nesse ano, dedicado a Fé.

    Os catequistas como toda a Igreja é chamada a proclamar sua fé no testemunho, no estudo do CIC (Catecismo da Igreja Católica), na participação dos Sacramentos, na oração diária, no Credo. Como anunciar aquilo que não se crê?

    Nesse congresso todas as paróquias da diocese estarão revendo sua historia sua caminhada catequética.

    Nossa paróquia estará presente, participando com uma bela reflexão da Fé, Esperança e Amor.

    Nossos olhares e nossas orações estão voltados aos catequistas. Grande parte deles é jovem, e são eles que formaram novos catequistas, novas lideranças.

    Acreditamos neles, ajudaremos a serem seduzidos e encantados pela catequese e pelo amor a Jesus.

    “Não sei rir pela metade, nem ser quase amigo, muito menos meio amor. Eu gosto do exagero. Rir até perder o fôlego, ser amigo até o fim dos problemas e amar tão intensamente, a ponto de dar a vida por quem amo."

    Contamos com as orações de todos para a boa realização do nosso congresso.

Edinha

Santa Mônica e Santo Agostinho

Dia 27 de agosto - Santa Mônica

Dia 28 de agosto - Santo Agostinho

    O testemunho desses dois grandes santos, mãe e filho, é de grande conforto e ajuda para muitas famílias, especialmente nos dias de hoje.

    Mãe e esposa, Santa Mônica ajudou seu marido, Patrício, a descobrir a fé em Jesus Cristo. Tendo ficado viúva muito cedo, ela se dedicou a cuidar de seus três filhos, entre os quais Santo Agostinho, que a fez sofrer muito, pelo seu comportamento - ele chegou a ter um filho com uma prostituta. Mas o próprio Agostinho relatou em seus escritos que sua mãe o gerou duas vezes: “a segunda foi um parto espiritual, feito de orações e lágrimas, mas coroado de alegria de vê-lo não apenas abraçar a fé e receber o Batismo, mas também de se dedicar inteiramente a serviço de Deus”.

     Durante os meus programas de rádio e TV, sempre que ouço uma mãe pedindo oração pelo filho, lembro-me de Santa Mônica, pois ela persistiu na oração e alcançou a vitória em Deus. Santo Agostinho é um exemplo para todos nós, pois toda a sua existência foi uma apaixonada busca da verdade. No final, depois de um longo tormento interior, descobriu Cristo, o sentido último e pleno da própria vida e de toda a história humana e chegou a escrever: “Tarde te amei, ó beleza tão antiga e tão nova! Tarde demais eu te amei! Eis que habitavas dentro de mim e eu te procurava do lado de fora!” (Confissões).

    Que Santa Mônica olhe por todas as mães aflitas que clamam por seus filhos e que Santo Agostinho interceda por tantos jovens sedentos de felicidade e que muitas vezes a buscam em caminhos errados. Amém.

Padre Reginaldo Manzotti

Festa de Nossa Senhora da Abadia em Romaria

Bem aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas! Lc 1,45

Foi aberta oficialmente na última terça feira (06) de agosto a 143ª Festa de Nossa Senhora da Abadia em Romaria - MG. Desde 1870, a cada ano, a cidade se transforma na Metrópole da Fé do Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro. Ao completar os 143 anos da festa, Romaria se destaca por manter esta devoção ao longo dos séculos. Essa bonita tradição se instalou e cresceu, principalmente com a presença de Padre Eustáquio (1925-1935), que por 10 anos fez propagar os milagres, despertando ainda mais o interesse dos devotos.

Depois de 21 anos á frente do santuário, Monsenhor Geraldo Magela deixou Romaria e se transferiu para Uberaba. Assumiu como reitor e pároco, Padre Márcio Ruback.

O tema da festa este ano é Maria Modelo de Fé. Maria Santíssima é modelo de todos aqueles que se lançam na jornada da Fé. Lançar-se na Fé, é colocar-se inteiramente nas mãos de nosso Deus. É um caminho árduo, porém que nos prepara grande felicidade. O Pai não nos prometeu um caminho fácil: a porta é estreita! Porém, Jesus Cristo nos anima: Coragem! Eu venci o mundo!.

De acordo com a programação, durante a festa serão celebradas 94 missas no Santuário e no Oratório do Bem Aventurado Eustáquio; 18 novenas; 09 terços; 04 procissões e 04 coroações, tudo para que o devoto de Nossa Senhora da Abadia possa ter o seu espaço nesta jornada de fé e agradecimento pelas graças recebidas.

Na próxima quarta feira (14) o nosso Bispo Diocesano Dom Frei Cláudio Nori Sturm estará celebrando a Santa Missa ás 17:00h.

A programação do dia 15 é a seguinte:

Missas no Santuário: 00:00h, 02:00h, 04:00h, 05:30h, 07:00h, 08:30h, 10:00h e 11:30h

Missas no Oratório do Bem Aventurado Eustáquio: 06:00h, 07:30h, 09:00h,10:30h,13:00h e 15:00h

11:30h - Batizados / 12:00h - Leilão de Gado / 16:00h - Animação na Praça / 17:00h - Solene Celebração Eucarística da Festa de Nossa Senhora da Abadia presidida pelo Exmo Revmo Dom Paulo Mendes Peixoto, Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Uberaba. Procissão luminosa, coroação da imagem de Nossa Senhora da Abadia e subida da imagem para o Santuário. Essa missa será transmitida pela Rede Vida de Televisão.

Oração de Nossa Senhora da Abadia

Senhora da Abadia, filha dileta de Deus Pai, Mãe de Jesus, nosso Salvador, Esposa do Espírito Santo, eis-me aqui diante de vossa imagem, para consagrar-me inteiramente a Vós. Trago-vos, Senhora, minha vida, meu trabalho, os sofrimentos e as alegrias, as lutas e as esperanças, tudo o que tenho e sou, para oferecer a vosso Filho por vossas mãos de Mãe. Sou todo vosso, ó Maria. Peço vossa proteção para nunca abandonar a fé Católica, traindo a Jesus. Dai-me força para viver de verdade o amor fraterno e assumir minha responsabilidade de cristão no mundo. Ó Senhora da Abadia, aceitai-me como filho (filha) e guardai-me sob o vosso manto protetor. Amém.

sábado, 10 de agosto de 2013

Barraquinha das Famílias

SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA

“A TRANSMISSÃO E EDUCAÇÃO DA FÉ CRISTÃ NA FAMÍLIA”

Barraquinha das Famílias

Dias 16, 17 e 18 de Agosto de 2013, No Salão São Francisco

A partir das 19:00h

Teremos: Pasteis, Caldos, Cachorros-quentes, Refrigerantes e muita alegria, pois sem a sua presença, nossa barraquinha não estará completa.

Venham e tragam a sua Família para se juntar a nossa!!!

Semana Nacional da Família

SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA, DE 11 A 18 DE AGOSTO DE 2013

“A TRANSMISSÃO E EDUCAÇÃO DA FÉ CRISTÃ NA FAMÍLIA”

11 de Agosto – Domingo

18:00h - Celebração de Abertura na Igreja Santa Terezinha
Participação: Pastoral Familiar (Dia dos Pais)

19:30h - Celebração Eucarística na Igreja Santa Edwiges.
Participação: Pastoral Familiar (Dia dos Pais)

13 de Agosto - Terça Feira

19:00h - Celebração Eucarística na Igreja Santa Terezinha
Participação: Festeiros 2013 (das festas de Santa Terezinha, São Francisco, Santa Edwiges, N. Sª do Rosário e N. Sª Aparecida)

15 de Agosto - Quinta Feira

19:00h - Celebração Eucarística na Igreja Santa Terezinha
Participação: Comunidade Terapêutica Colina da Paz

20:00h - Noite com Maria na Igreja Santa Terezinha
Teatro: EAC e EJC

16 de Agosto - Sexta Feira

19:00h as 23:00h - Barraquinha das Famílias no Salão São Francisco

17 de Agosto - Sábado

18:00h - Celebração Eucarística na Igreja São Francisco
Participação: Escola João Beraldo

19:00h as 24:00h - Barraquinha das Famílias no Salão São Francisco

19:30h - Celebração Eucarística na Igreja Nossa Senhora do Rosário
Participação: Pastoral Familiar

18 de Agosto - Domingo

09:30h - Celebração Eucarística na Igreja Nossa Senhora Aparecida
Participação: Escola Valma de Oliveira e Creche Pedro Bernardes Dias

18:00h - Celebração de Encerramento na Igreja Santa Terezinha
Participação: Pastoral Familiar

19:00h as 23:00h - Barraquinha das Famílias no Salão São Francisco

Paróquia Santa Terezinha
Rua Oscar Rodarte, 901 – B. Santa Terezinha
Patrocínio - MG - Fone: (34) 3831-8654

Pe. José Ricardo Lucas de Lima - Pároco
Pe. José Luís de Araújo Paiva - Vigário

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

O Mensageiro - Agosto de 2013

O Mensageiro - Agosto de 2013

Órgão Informativo da Paróquia Santa Terezinha

Patrocínio MG - Diocese de Patos de Minas

Clique nas Imagens e veja:

 

 

(Obs: para visualização das imagens em tamanho maior, clique com botão direito do mouse, e em abrir nova janela ou nova aba, quando a imagem abrir clique onde você quer ampliar).

Muito obrigado pela visita!!!

Clique nas paginas para ver outras matérias.

Seguidores

Total de visualizações de página

Colaboradores


Foto: